Skip to main content

Open Banking

O futuro dos

bancos já chegou

Imagine um mundo onde você é dono dos seus próprios dados bancários. Com o Open Banking e Open Finance, este mundo já é realidade. Antes, a única instituição que tinha o domínio das suas informações, como histórico de crédito e extrato, por exemplo, era o seu banco. E é exatamente isso que está mudando.

 

O Open Banking e Open Finance vai te dar liberdade para acessar e compartilhar os seus próprios dados com as instituições que você quiser e autorizar, de forma prática e totalmente segura.

Isso significa que essas instituições vão te conhecer melhor e, como resultado, poderão te oferecer empréstimos, investimentos e outros produtos e serviços com condições muito mais vantajosas para você.

No Movvime, vivemos o Open Banking e Open Finance desde 2020_

O Movvime está pronto para oferecer diversas soluções bancárias.

 

Com a integração das nossas APIs, você pode incrementar o seu negócio, viabilizando uma experiência totalmente personalizada ao seu cliente.

Confira abaixo algumas perguntas e respostas sobre o OpenBanking.

Quais são os benefícios da adesão ao Open Banking?

Open Banking é você sendo o dono dos seus próprios dados bancários.

Imagine que você tem um limite de crédito de R$ 10 mil em um banco onde possui uma conta há alguns anos. Com o Open Banking, se quiser abrir uma conta em outra instituição, você poderá levar o seu histórico bancário e, com isso, vai ser muito mais fácil conseguir o mesmo crédito e as mesmas vantagens que você tem hoje.

O sistema financeiro aberto permitirá o compartilhamento de dados sobre produtos e informações financeiras, a partir da integração de plataformas e infraestruturas tecnológicas dos bancos participantes e empresas de serviços financeiros autorizadas pelo Banco Central. Isso deixará a sua experiência muito menos burocrática e muito mais personalizada.

O que é Open Banking?

Com o Open Banking, você terá mais visibilidade e controle da sua vida financeira. Isso significa que você pode ter chances maiores de ter acesso às melhores ofertas e produtos de acordo com o seu perfil, além de outros benefícios que podem ser oferecidos.

Como será o processo de implementação do Open Banking? E quais informações poderei compartilhar?

O Open Banking será implementado de forma gradual e faseada. O primeiro passo será a abertura de dados das próprias instituições participantes sobre seus canais de atendimento e também sobre os seus produtos e serviços mais relevantes.

Nesta primeira fase, o compartilhamento de dados de clientes ainda não estará disponível.

Em seguida, teremos as fases a seguir:

2ª fase

  • Dados cadastrais
  • Informações sobre transações de contas corrente, de poupança, de pagamento pré-pagas, de cartão de crédito e de operações de crédito

 

3ª fase

  • Iniciação de transações de pagamento
  • Encaminhamento de propostas de operação de crédito

 

4ª fase

  • Informações sobre outros produtos, serviços e transações, como operações de câmbio, investimento, seguros, previdência complementar aberta e contas-salário.

de ter acesso às melhores ofertas e produtos de acordo com o seu perfil, além de outros benefícios que podem ser oferecidos.

Quando vou poder compartilhar os meus dados?

Sim. A Desde o dia 30 de agosto de 2021, o pagamento pode ser realizado por qualquer mecanismo autorizado, a partir da instituição financeira ou de pagamento que você queira ter relacionamento.

É possível fazer a inicialização dos pagamentos por uma instituição que eu não tenho relacionamento?

Desde o dia 15 de julho de 2021, você pode pedir o compartilhamento de informações cadastrais e transacionais das suas contas (depósito à vista, poupança, pagamento pré-pagas, cartão de crédito e operações de crédito). No futuro, informações sobre investimentos e seguros também poderão ser compartilhadas.

É seguro compartilhar meus dados no Open Banking?

Aumentar a segurança em relação aos dados dos usuários é um dos principais objetivos do Open Banking. Cada instituição participante é responsável por garantir a segurança do compartilhamento dos dados de seus clientes. Por isso, foram criados mecanismos para garantir a autenticidade e segurança das instituições, que compartilharão os dados de forma criptografada.

Quer saber mais?

Clique Aqui e leia mais sobre o Open Banking no site do Banco Central.